A jornada da maternidade é uma das experiências mais marcantes e transformadoras na vida de uma mulher. 

No entanto, para garantir uma gestação saudável e minimizar possíveis complicações, é fundamental que as mulheres busquem cuidados pré-concepcionais adequados. 

A avaliação ginecológica antes da gravidez desempenha um papel crucial nesse processo, proporcionando não apenas uma base sólida para a concepção, mas também garantindo a saúde geral da mãe e do futuro bebê. 

Cuidando do presente para garantir um futuro melhor

Antes mesmo de conceber, as mulheres têm a oportunidade de adotar medidas preventivas para otimizar sua saúde e a do futuro bebê.

A avaliação ginecológica pré-concepcional desempenha um papel crucial nesse processo, fornecendo informações valiosas e cuidados personalizados que podem impactar positivamente a gestação, como:

1- Detecção e tratamento de condições pré-existentes:

Durante a avaliação pré-concepcional, a especialista pode  identificar e tratar condições ginecológicas pré-existentes que poderiam afetar a gravidez. 

Doenças como endometriose, infecções uterinas ou distúrbios hormonais podem ser abordadas antecipadamente, minimizando riscos durante a gestação.

2- Planejamento da saúde reprodutiva:

A ginecologista constrói um plano de saúde reprodutiva personalizado, levando em consideração fatores como idade, histórico médico, estilo de vida e histórico familiar. 

Esse planejamento inclui orientações sobre hábitos alimentares, suplementação vitamínica, controle de peso e atividade física.

3- Discussão sobre histórico familiar:

Avaliar o histórico familiar é essencial para entender possíveis predisposições genéticas ou hereditárias. 

Com essa informação, a médica pode oferecer orientações específicas para monitorar e minimizar riscos potenciais à saúde do bebê.

4- Prevenção de complicações na gravidez:

A ginecologista pode discutir estratégias para prevenir complicações durante a gravidez, como a pré-eclâmpsia. 

Isso pode envolver a monitorização da pressão arterial, exames regulares e a implementação de práticas que promovam o bem-estar materno.

Quando buscar a avaliação ginecológica pré-concepcional? 

Acompanhamento ginecológico antes da a gravidez

O momento ideal para iniciar a avaliação ginecológica pré-concepcional pode variar, mas, em geral, é recomendado que as mulheres procurem a orientação de um ginecologista pelo menos três a seis meses antes de começar a tentar engravidar. 

Esse intervalo de tempo oferece a oportunidade necessária para implementar mudanças no estilo de vida, tratar possíveis condições médicas e garantir que o corpo esteja nas melhores condições para receber uma nova vida. 

[click] Infertilidade feminina: cerca de oito milhões de pessoas podem ser inférteis no Brasil 

Vamos cuidar da nossa saúde? Para mais conteúdos como este, leia outros artigos no nosso blog e acesse o meu Instagram @stenialinsgineco.

Sobre o(a) autor(a): Dra. Stenia Lins

Dra. Stenia Lins é Ginecologista e Obstetra, formada na Universidade Federal da Paraíba, com residência em Ginecologia e Obstetrícia na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Mestrado na Fio Cruz-ENSP (RJ) em saúde pública na área de Violência e Saúde. Atende na Clínica Femina, onde oferece um atendimento humanizado e de qualidade para suas pacientes.


    Compartilhe

    Deixar um comentário

    Artigos relacionados

    Voltar para artigos